Integrar a cozinha é uma expressão do estilo de morar contemporâneo, que prioriza o convívio entre as pessoas e o compartilhamento de experiências. Esse recurso, além de ampliar e aproveitar melhor os espaços, propicia o encontro entre os moradores e também um jeito de receber mais despretensioso e agradável.

Com soluções simples os ambientes sociais, como sala de estar e home, são integrados à co­­zinha e formam uma unidade harmônica, funcional e moderna. Mas é preciso ser uma pessoa organizada e estar preparada para investir um pouco mais no detalhes, pois estará tudo mais aparente.

O arquiteto Flavio Cunha, do escritório SET Arquitetura e Construções,  integrou a cozinha à sala e ao quintal, deixando a casa mais agradável e convidativa. Existem soluções para integrar ambientes: bancada americana, portas de correr, aberturas parciais ou totais. Há muitas formas de fazer a cozinha se comunicar com o restante da casa.

Nesse projeto do arquiteto Flavio Cunha, o cômodo fica quase totalmente aberto: apenas uma bancada em “L” delimita o espaço. O ambiente tem posição estratégica: de um lado está a sala, do outro, o agradável e convidativo quintal. A casa geminada com cômodos compartimentados e espremidos de antes em nada se parece com a atual morada arrojada, clara e ampla.

O sobrado de 1950 encontrava-se em uma situação precária. Uma das condições básicas para tornar a casa mais agradável seria demolição e integração de espaços. Quase todas as paredes do térreo vieram abaixo. “Preservei apenas algumas para enclausurar a escada e a pia da cozinha”, conta Flavio Cunha. Assim, houve a conquista de maior aproveitamento do espaço interno, uma das exigências. Outra preocupação dos moradores era trocar a atualizar os acabamentos: os originais estavam muito feios e ultrapassados. O arquiteto Flavio Cunha elegeu o estilo clean, adotando o duo preto e branco, mas sem abrir mão da economia. Conjunto de bancadas em granito verde Ubatuba, cubas de inox e madeiras são alguns dos materiais escolhidos para acompanhar a marcenaria básica.